sábado, 24 de janeiro de 2009

P6 - 18 de Janeiro de 2009 - Ex-Combatentes da CART 2732 encontram-se em Arruda dos Vinhos

Bolo comemorativo

Participantes no Encontro

3 comentários:

  1. Parabéns camarada Inácio Silva pela tua iniciativa de criar um Blogue destinado à nossa madeirense CART 2732. Mal me falaste da tua ideia e logo a concretizaste. Faz parte da tua maneira ser, homem de acção e nada acomodado.
    Um abraço do teu camarada
    Carlos Vinhal

    ResponderEliminar
  2. Foi para mim uma enorme alegria rever camaradas que não via há quase 37 anos.
    Como é normal, encontrei muitas diferenças, uns quilos e uns anos mais fazem muitos estragos, mas no fundo estamos todos ainda muito jovens.
    Agradeço publicamente ao Reis Pedro, ao Malhão e ao Miranda a iniciativa deste primeiro convívio continental.
    Foi muito agradável termos entre nós, o Inácio Silva, o Manuel Jesus Ferreira, Olim Meneses e o Alfredo Gouveia por serem naturais da Madeira. Se dois primeiros estão a radicados no Continente, os outros dois deslocaram-se para estar connosco.
    Bom seria comemorarmos a data dos 40 anos de desembarque na Guiné (17 de Abril de 1970), no próximo ano (2010), no Funchal, junto dos nossos valentes camaradas operacionais oriundos da Pérola do Atlântico.
    Muito obrigado pela alegria que me deram.
    Deixo um enorme abraço para aqueles que revi e para os que, por não saberem ou não poderem, estiveram ausentes.
    Carlos Vinhal

    ResponderEliminar
  3. Foi com um misto de alegria e nostalgia que me reencontrei com ex-camaradas de guerra, passados quase 37 anos. Com o passar do tempo, o aspecto físico naturalmente mudou, nalguns casos, muito, o que me obrigou a um esforço visual e mental de reconstituir as fisionomias de outrora. Feita essa viagem ao passado, quase por instinto, construímos, de novo, a familiaridade de então e desatámos a relembrar episódios, uns vividos na primeira pessoa, outros, em conjunto.
    Foi um encontro especial que permitiu um convívio único e incomparável com pessoas que passaram pelos mesmos perigos e privações, vividos num teatro de guerra, circunstância que apela à unidade e à entreajuda, que por sua vez conduz à amizade.
    Este encontro foi fruto do empenhamento de alguns camaradas, referidos já pelo Carlos Vinhal, que incluo, também, no grupo dos dinamizadores, que não pouparam esforços para tentarem obter o máximo de números de telefone, por forma a que o grupo fosse o maior possível.
    Penso que terão contribuído, de alguma forma, também, os blogues do Luís Graça e o meu próprio “Relembrar para não esquecer”, embora em menor escala, para a aproximação dos ex-camaradas, já que correspondem a locais públicos de informação e divulgação.
    Tal como foi falado entre os ex-camaradas presentes e alvitrado no comentário do Carlos Vinhal, também gostaria que comemorássemos a data dos 40 anos de desembarque na Guiné (17 de Abril de 1970), no próximo ano (2010), no Funchal, junto dos nossos camaradas operacionais, que tal como eu, são oriundos da Pérola do Atlântico.
    Seria um momento para “matarmos dois coelhos com uma cajadada”: convivermos com os ex-camaradas madeirenses e fazermos umas fériazinhas agradáveis!
    Por mim, empenhar-me-ei na concretização deste objectivo.

    ResponderEliminar